empresa claro1O sitiante Paulo Manoel Haubert denuncia a empresa Claro Telefonia por causa de uma dívida deixada por seus funcionários que fizeram refeições por 42 dias em sua casa.

Segundo o morador da 1º eixo, linha 02, km 21, entre março e abril uma equipe de cinco pessoas construiu uma torre da Claro na propriedade em frente a dele, pertencente a Alexandre.

Como o local é distante 30 km da cidade, o morador ajudou os trabalhadores com alimentação. De acordo com Paulo, entre 11 de março e 24 de abril a equipe almoçou em sua casa.

Mas há cerca de 15 dias a equipe foi embora de Colorado do Oeste sem pagar o que consumiu e até o momento não acertaram a dívida de R$ 3.250,00.

Paulo é aposentado e se sustenta com a aposentadoria, e relatou que esse dinheiro está fazendo falta, já que fez dívidas em supermercados por causa desses almoços.

Além da dívida, o sitiante desabafou que a equipe deixou todo o lixo da pintura da torre dentro de sua propriedade.

O coloradense procurou a delegacia e registrou uma Ocorrência Policial (BO), no boletim Nº 752-2015, contra os membros da equipe para que sejam tomadas as providências.

Segundo o morador, outras empresas da cidade também não receberam o que a equipe ficou devendo.empresa claro2empresa claro3 empresa claro4

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO