covid19 – 728×90-2

bracos cruzadosServidores da Justiça Federal de Vilhena entram em greve nesta terça e quarta-feira, 2 e 3 de junho. Em nota, a assessoria diz que a mobilização será diferenciada.

A Justiça Federal explicou que aderiu ao movimento deflagrado nacionalmente com os seus trabalhadores paralisando os serviços.

Segundo a nota, a categoria dos trabalhadores luta para obter reajustes nos seus vencimentos depois de nove anos de congelamento.

O projeto de lei encontra-se na fase final de votação no Senado Federal e a mobilização tenta sensibilizar para uma dura realidade: a de que nove anos sem nenhuma recomposição de inflação dificulta as atividades dos trabalhadores e promove um enfraquecimento do serviço prestado pela justiça.

O movimento paredista abrange a Justiça do Trabalho, a Justiça Eleitoral, a Justiça Militar da União, os Tribunais Superiores e a Justiça Federal, que compõem uma única carreira. “A Justiça Federal é responsável pelo julgamento das ações contra órgãos federais, além dos crimes e atinjam seus interesses. Por isso, torna-se a justiça do povo, que revê os atos do INSS para aposentar e conceder auxílios aos necessitados que tem direito, bem como é a justiça que julga os maiores crimes do país. Por isso, para os trabalhadores a Justiça Federal forte é garantia dos direitos e para o povo é sustentáculo de um Estado forte e que cumpre suas obrigações, garantindo dignidade e cidadania”, detalhou a nota.

Em Vilhena, os trabalhadores da Justiça promovem uma campanha e convida todos os trabalhadores e sociedade do município e região para contribuir com donativos, que serão destinados ao abrigo da criança e adolescente, bem como para o lar do idoso. Além disso, no dia 03 de junho será aberto a todos participar de mutirão de doação de sangue, com a presença da FHEMERON no período da tarde.

Os eventos ocorrerão no Edifício da Justiça Federal em Vilhena, situado na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, 1196, próximo do SESI. A ênfase da arrecadação são vestidos e hidratantes para idosos, roupas, calçados, fraldas descartáveis e material de higiene para crianças e bebês. Brinquedos contribuirão bastante para uma efusiva festa com as crianças do abrigo. Mais informações serão obtidas com Manoel Gustavo Fernandes Kliemann (Analista Judiciário, lotado na Subseção Judiciária de Vilhena/RO) e/ou Marcondes Nonato Bento da Silva (Analista Judiciário, lotado na Subseção Judiciária de Vilhena/RO).

Texto: Extra de Rondônia

Informações: Assessoria

Foto: Ilustrativa

sicoob credisul
covid19 – 728×90-1

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO