covid19 – 728×90-2

vereadoresSete vereadores da Câmara Municipal de Machadinho D’Oeste, município a cerca de 300 quilômetros da capital Porto Velho, em Rondônia, temendo serem linchados pela população, solicitaram escolta à polícia militar para deixarem as dependências da Câmara Municipal.

O fato aconteceu nesta segunda-feira, 8, quando houve votação do pedido de afastamento do prefeito para não atrapalhar as investigações de uma CPI.

Após votação que negou o pedido de afastamento do prefeito Mário Alves da Costa, pelo placar de sete votos a seis, populares se mostraram indignados com o resultado da votação e se mobilizaram do lado de fora da Câmara Municipal. Preocupados com uma possível tentativa de linchamento vereadores que se posicionaram a favor do prefeito acionaram a polícia militar que compareceu ao local com três viaturas a fim de garantir a segurança dos parlamentares.

Não bastasse o voto contrário à vontade popular a ideia de chamar a polícia acabou causando mais revolta aos moradores. “Se tem alguém aqui que merece a polícia são eles e não nós”, declarou um morador indignado.

O prefeito é investigado sobre possíveis irregularidades na secretaria municipal de Obras. O Caso também é acompanhado pelo Ministério Público.

A votação ficou empatada em seis votos a seis e foi decidida pelo presidente Lourival José Pereira (PTB) que votou contra o afastamento do prefeito.

 

Fonte:Conexaoamazonia

 

sicoob credisul
covid19 – 728×90-1

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO