A esquerda Cowboy acusado de três homicídios e várias tentativas, a direita Nenenzinho com 4 anos e 20 dias de pena para cumprir
A esquerda Cowboy acusado de três homicídios e várias tentativas, a direita Nenenzinho com 4 anos e 20 dias de pena para cumprir

Na tarde desta quinta-feira, 11, por volta das 13h30, a Polícia Militar através do Núcleo de Inteligência (NI) em conjunto com Agência de Inteligência (AI), prenderam Altamir Alves de Souza, de 31 anos, mais conhecido por “Nenenzinho”.

De acordo com Boletim de Ocorrência, o acusado foi preso após praticar um assalto a uma lanchonete localizada no bairro Jardim Eldorado, em Vilhena, na manhã desta quinta.

Com informações repassadas pela vítima, os investigadores chegaram ao suspeito que estava na casa de um velho conhecido da polícia, Tiago Fogaça Leal, de 23 anos, mais conhecido por “Cawboy”, que responde por homicídios e tentativas.

Ao ser indagado sobre o roubo Nenezinho confessou ter praticado o crime. Porém havia mandado de prisão em aberto contra ele expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Vilhena, onde terá que cumprir 4 anos e 20 dias de prisão em regime fechado.

Cowboy e Altamir foram levados para a delegacia de Polícia Civil e apresentados ao delegado de plantão para providências cabíveis.

Texto e Fotos: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO