covid – 768×90-2

SAM_0876Um princípio de tumulto provocado por presos da Ala “B”, do Centro de Ressocialização Cone Sul, localizado próximo a BR-174, em Vilhena, mobilizou as autoridades policiais no inicio da noite desta quinta-feira, 25, por volta das 18h00.

Informações coletadas pela reportagem do Extra de Rondônia, junto a um Agente Penitenciário da unidade prisional confirmou que a movimentação dos presos não havia nenhuma lógica. “Aparentemente, eles gostariam de chamar somente a atenção”, disse o servidor.

Os policiais militares da reserva que ficam nas duas guaritas elevadas e em locais estratégicos, observaram a ação dos presos e rapidamente acionaram, via rádio, a presença de mais viaturas do 3° Batalhão da PM no local.

Apesar dos barulhos incessantes provocados pelas batidas nas bigornas, não foi constatado nada de anormalidade. Nenhuma reinvindicação foi apresentada pelos presos. Foi confirmado também que todos permaneciam em suas devidas celas.

Diversas viaturas policiais, inclusive o GOE (Grupo de Operações Especiais), marcaram presença a fim de evitar uma possível rebelião. Contudo, foram liberados após a direção do presídio certificar a segurança interna e externa.

No final do mês de julho de 2014, os presos das alas A e B iniciaram a primeira grande rebelião desde que foi inaugurado. Na ocasião, os estragos deixados pelos rebelados foram eminentes. Colchões, forros e cadeiras queimadas foram alguns dos objetos que somados revelam um alto prejuízo à sociedade.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

covid – 768×90-1

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO