Hosipital-RegionalMais uma vez, o Hospital Regional (HR) de Vilhena gera repercussão negativa na sociedade vilhenense.

Na manhã deste sábado, 27, enfermeiras denunciaram à Polícia Militar a falta de servidores na UTI da unidade de saúde, o que estaria colocando em risco a vida dos pacientes.

Conforme a denúncia, registrada na Delegacia de Polícia Civil sob o número 4720151747, procedimentos básicos de operação da unidade indicam a quantidade mínima de 1 enfermeiro e 5 técnicos de enfermagem na UTI. Esse número estaria sendo desrespeitado há vários dias.

Afirma a denúncia que a gerência de enfermagem e a direção do HR foram informadas da situação, mas nenhuma providência foi tomada para sanar o problema. “Não há profissionais para manter os serviços de atenção básica aos internados”, diz um trecho da ocorrência policial.

Os denunciantes alegaram que até o Ministério Público foi informado, e que ainda aguardam a resposta.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO