covid – 768×90-2

rosangela e ronaldoAlçada a condição de presidente provisória do Diretório Municipal pemedebista em Vilhena, a deputada Rosangela Donadon trabalha no sentido de unir alas distintas da legenda.

Na manhã desta segunda-feira 29, ela esteve na sede da Secretaria Regional do Estado, representação do governo no Município, ocasião em que conversou com o titular do órgão, Ronaldo Alevato. Na conversa, a deputada recebeu a garantia que o gestor permanecerá no partido.

Ao Extra de Rondônia, a deputada revelou a data da inauguração da sede oficial do partido na cidade. O evento acontece na manhã do dia 11, mas o horário ainda será confirmado.

Na ocasião haverá trabalho de recadastramento dos filiados a fim de atualização cadastral, assim como será feito esforço no sentido de obter novos integrantes. “Espero conseguir pelo menos duzentas novas filiações”, declarou Rosangela. Ela confirmou que entre os novos integrantes, o PMDB terá o ingresso da cunhada Rosani Donadon, esposa do ex-prefeito Melki Donadon, assim como do filho mais velho do casal.

O evento contará com participação de dirigentes estaduais do partido, caso do presidente Tomás Correia e do secretário Luiz Lenzi, além do senador Valdir Raupp. “A presença deles pode ser reforça com a vinda do governador Confúcio Moura. Estamos trabalhando neste sentido. A confirmação destas lideranças demonstra o reconhecimento do partido quanto a legitimidade de nossas ações”, argumentou a parlamentar.

Mas a programação definida por Rosangela para a data não se resumem ao lançamento da sede do diretório pemedebista. Antes disso haverá cerimônia no escritório político da deputada, referente a entrega de comenda de Honra ao Mérito ao ex-governador Ângelo Angelin, figura histórica do PMDB vilhenense e do Estado. “A minha propositura apresentada ao plenário da Assembleia teve aprovação unanime”, garantiu a deputada. Em nome da Casa de Leis do Estado ela entrega a homenagem ao cacique, gesto que pode causar a simpatia da ala dos “históricos” do partido. Não é um grupo muito grande, mas ainda exerce influência.

A movimentação da parlamentar indica que Rosangela está motivada e interessada na vertente política de sua função. Seus movimentos entre alas distintas do partido aponta que ela busca negociação e consenso. Além disso, mostra que está atenta ao trabalho a ações de assessores governamentais na cidade. A visita ao secretário Ronaldo não teve como “gancho” a questão partidária. “Na verdade estive com ele depois de fazer uma visita a sede da SEDAM em Vilhena, e constatar alguns problemas. Fui conversar com o secretário no sentido de me colocar à disposição para contribuir com busca de soluções”, avaliou.

Segundo a deputada, servidores lhe disseram ter sido esta a primeira vez que recebem a visita de um deputado fora do período eleitoral. “Eles me informaram que não dispõe de funcionário para serviços gerais, além de mostrar três viaturas do órgão que estão em condições de uso, mas precisam de pequenos reparos. É patrimônio público que não pode ficar se deteriorando”, conclui.

Ao levar estas questões a Alevato e em seguida abordar a questão partidária, frisando que a permanência do PMDB coeso seria coerente com o exercício de funções no governo da legenda em âmbito local, o recado acerca de quem está no comando do partido na cidade fica bem claro.

Fonte: Extra de Rondônia

Foto: Assessoria

covid – 768×90-1

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO