covid – 768×90-2
Sessão aconteceu no final da tarde desta quarta-feira
Sessão aconteceu no final da tarde desta quarta-feira

A Câmara de Vilhena aprovou no final da tarde desta quarta-feira, 1, repasse no valor de R$ 65 mil para apoiar a festa agropecuária – Expovil.

Desse total, R$ 50 mil foi para a Associação Vilhenense dos Agropecuaristas (Aviagro) e R$ 15 mil para a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL).

O repasse foi aprovado pelos vereadores Vanderlei Graebin, Carmozino Taxistas, Marta Moreira, Jairo Peixoto, José Garcia e Marcos Cabeludo. Foram contrários os vereadores Célio Batista, Maria José da Farmácia e Valdete Savaris.

Junior Donadon, presidente da Casa de Leis, não participa das votações em plenário, apenas se manifesta em caso de desempate.

Antes da votação, o advogado Josemário Secco,  presidente da Associação Comercial e industrial de Vilhena (ACIV) se reuniu com os parlamentares e pediu para que o repasse seja reprovado, tendo em consideração a atual crise financeira que assola o Município, que não está investindo em setores prioritários, como Saúde e Educação.

O plenário estava lotado de professores, que criticaram a aprovação do repasse. Vereadores que aprovaram o repasse não se manifestaram em plenário, mas argumentaram a jornalistas que o recurso está no Orçamento Geral do Município especificamente para a festa agropecuária. “Expovil não é apenas, festa, é também geração de emprego, renda e negócios”, justificaram.

Inicialmente o repasse era de R$ 100 mil, sendo R$ 80 mil para a Aviagro e R$ 20 mil para a CDL, mas o valor foi reduzido exatamente em função da suposta crise financeira que atravessa o Município .

Em contrapartida ao repasse, no domingo, 5, os portões do parque de exposições Ovídio Miranda de Brito estarão abertas à população.

Plenário estava lotado de professores, que criticaram a aprovação do repasse
Plenário estava lotado de professores, que criticaram a aprovação do repasse

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

covid – 768×90-1

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO