covid – 768×90-2

001Acompanhando a programação nacional da instituição financeira federal, a agência vilhenense do Banco do Brasil realiza nesta sexta-feira 03 cerimônia para marcar a disponibilização de crédito liberada pelo governo ao setor produtivo rural. O Plano Safra 2015/2016 foi lançado na quarta-feira 1º em Brasília e em superintendências do banco nos estados, e de acordo com a programação anunciada pela direção nacional acontecem solenidades como a de Vilhena em mil pontos de atendimento do BB espalhados por todo o país.

A injeção de recursos para financiamento das próximas safras chega ao montante de R$ 110,5 bilhões em crédito para o setor agropecuário do país. Desse montante, o custeio e a comercialização ficará com 74% dos recursos. Disponibilizados para os produtores, cerca de R$ 90,5 bilhões do crédito, enquanto R$ 20 bilhões irão para empresas do agronegócio.

Para os programas direcionados à produção, os recursos foram divididos da seguinte forma pelo banco: R$ 14,1 bilhões para o programa Pronaf; R$ 17,7 bilhões para o Pronamp; R$ 7,8 bilhões para o programa Pronaf mais Alimentos; R$ 4 bilhões ao Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos Associados e Colheitadeiras (Moderfrota); R$ 2,7 bilhões no programa de Redução da Emissão de Gases de Efeito Estufa na Agricultura (Programa Agricultura de Baixo Carbono – ABC); R$ 1,5 bilhão ao Programa para a Construção e Ampliação de Armazéns (PCA); R$ 1,1 bilhão ao Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária (Inovagro) e para armazenagem R$ 1,5 bilhão. Os juros serão de cerca de 73,76% (controlados) e 26,24% será em juros livres. Assim, serão R$ 29 bilhões em juros e R$ 81,5 bilhões em juros controlados.

A cerimônia na agência local acontece no saguão do estabelecimento, que fica no centro da cidade, e terá início às 16 horas.

Fonte: Extra de Rondônia

Foto: Divulgação

covid – 768×90-1

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO