raydiO vídeo que virilizou na internet não reputa a conduta moral do Vereador Raidy Alves que possa impedi-lo de continuar com o mandato. A provável investigação anunciada por meio da imprensa dando conta de que o Ministério Público possivelmente irá investigar o local do acontecido, tendo como base as dependências da Câmara, não passa de pura mentira.

Raidy analisou ontem as alegações colocadas em matéria vinculada em alguns sites onde dizem o MP de Ariquemes iniciará o ano investigando o Vereador. Raidy disse a reportagem do site WWW.quenoticas.com.br : “ Isso é invasão dos meus direitos Constitucionais, mesmo sendo Vereador eu sou um cidadão comum e tenho direto de fazer da minha vida o que bem quiser, esses fatos aconteceram quando eu ainda não era Vereador e foi em um local particular” asseverou Raidy.

“A minha defesa se sustenta na minha integridade moral e familiar e tem inicio na liberdade de vida que é garantida pela Constituição”. Disse Raidy.

“Essa provável investigação é desnutrida de provas, pois um vídeo feito em um local particular não sustenta uma alegação qualquer que prova ato ilícito político praticado pelo Vereador Raidy. Se alguém espera que me retraia sobre a divulgação desse vídeo eu só posso apresentar um pedido de desculpas. No lugar de justificativas, digo que qualquer acusação é desqualificada”. Argumenta Raidy

Em sua defesa, Raidy alega que ninguém e nem nenhum órgão não teria legitimidade para apresentar o pedido de investigação sobre sua vida particular.

“Vamos continuar nosso trabalho no sentido de proporcionar a população de Ariquemes melhores dias; queremos uma cidade pujante e promissora esse é nosso compromisso, nos pautamos pela verdade, honestidade, trabalho e acima de tudo muita fé em Deus, e que nossos adversários sejam eles da estirpe que for será vencido pelo nosso zelo e conduta própria de progresso e bem estar”; disse Raidy.

Autor e foto: Rondoniadinamica

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO