junior pintorO microempresário Antônio Jose De Oliveira Junior , mais conhecido como “Junior Pintor”, garantiu esta semana em entrevista ao Extra de Rondônia que os tucanos vão apresentar um nome para a disputa da sucessão municipal. Ele também adiantou condutas que o PSDB, do qual é vice-presidente do Diretório Municipal, vai adotar na administração vilhenense caso vença o pleito, frisou a meta do partido de conquistar representação no Poder Legislativo local, e fez críticas ao posicionamento de padres e pastores com relação a política local.

Sobre a disputa do Executivo, Pintor assegurou que os tucanos tem obrigação de participar da campanha eleitoral de forma destacada. “Um partido com a envergadura do PSDB não pode ser mero coadjuvante da situação, mas sim um dos protagonistas”, argumentou. Ele garante que a legenda dispõe de nomes de “ponta” para enfrentar os concorrentes, “sejam eles quem forem”. No entanto, Junior preferiu não destacar nenhum filiado em particular como possível candidato. “A decisão será tomada pelo colegiado, e no momento certo vamos anunciar quem será o representante do PSDB na disputa pela prefeitura de Vilhena”. O posicionamento oficial do partido deve acontecer após o carnaval, e não está descartada a possibilidade de abrir mão da cabeça de chapa para ocupar a vaga de candidato a vice.

O tucano também frisou que a agremiação está preparando nominata para a disputa das vagas do Legislativo com “muito zelo e cuidado”. O partido pretende lançar vários concorrentes que dispõe de grande influência na comunidade e histórico compatível com a ética e o compromisso com nosso município. “Nossa meta é eleger pelo menos dois vereadores de peso, que façam diferença no Parlamento”.

Em seguida o vice-presidente discorreu sobre como o PSDB vai administrar a cidade no que diz respeito a transparência nas ações e finanças. “Nossa administração fará prestação de contas geral a cada três meses, em audiências com a comunidade, relatando tudo que está sendo realizado, além de relatório completo de receitas e despesas da prefeitura”. Questionado acerca da possibilidade de manter nos cargos pessoas que atualmente estão no comando de secretárias municipais, Junior defende “reformulação total de cargos de comando, com possível exceção da secretária de Educação, Sandra Melo, e da secretária de Ação Social, a primeira-dama Lizangela Rover. “São duas mulheres de muito valor e competência, que podem ter oportunidade de fazer parte do nosso grupo. O resto cai fora”, declarou.

Fechando a entrevista, Junior Pintor fez referência a conduta de padres e pastores vilhenenses com relação a política. “Os líderes religiosos da cidade precisam ter um pouco mais de coerência e compromisso com o Município, pois em época de eleição apoiam e pedem votos a candidatos, porém se omitem quando acontecem problemas como os que atualmente colocaram a administração atual no buraco”, disparou.

Fonte: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO