dhione na dpDhione Marangoni foi liberado após ser preso fugindo do local do acidente que vitimou o taxista Emerson Colares dos Santos na madrugada deste domingo, 10, próximo a Avec em Vilhena.

A morte do taxista gerou revolta na população devido as circunstâncias do acidente. Segundo a polícia, Dhione dirigia uma Chevrolet Captiva em alta velocidade e não parou na placa de sinalização, provocando o grave acidente que resultou na morte do taxista.

Com sinais de embriaguez, Marangoni teria se negado a soprar o bafômetro, o que em tese já pode ser considerado que ele estaria embriagado. No momento que recebeu voz de prisão Dhione ainda teria ofendido os policiais. Em sua defesa alegou que bateu porque se distraiu enquanto dirigia brigando com a namorada.

Por outro lado, a imprudência também fez parte do trágico fim da vítima. Emerson dirigia sem o cinto de segurança e foi arremessado para fora do veículo, batendo com a cabeça e sofrendo traumatismo e duas paradas cardíacas ainda no local.

Levado algemado para delegacia de Polícia Civil, Marangoni, que é filho de empresário na cidade não escapou da avaliação do médico legista, mas se livrou de pagar a fiança, pois o médico atestou que ele não estava embriagado e sim com sinais de embriaguez.

A suspeita de impunidade gerou revolta da população vilhenense que alega que a Lei brasileira só pune os pobres.

dhione camburao

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO