Arrigo-capaNeste início de ano o assunto político é a sucessão municipal. No regresso das férias e depois que 2.016 começar de verdade – após o carnaval – a coisa vai afunilar e até meados de abril os postulantes já deverão estar definidos.

Mas, por enquanto dá pra fazer uma prévia de como o panorama deve se desenhar na disputa de outubro. Começando por Cerejeiras, o atual prefeito Airton Gomes deverá medir forças com o antecessor Kleber Calisto, que pode participar do pleito amparado por liminar judicial.

O uso de instrumento jurídico que pode ser adotado pelo ex-prefeito se deve ao fato de Calisto estar com pendência no Judiciário relativo a sua gestão.

Em Corumbiara a desistência do prefeito Deocleciano em concorrer a reeleição abriu caminho ao vice-prefeito Emerson Teixeira, que deve disputar com apoio do companheiro de gestão. Contra ele pode estar o empresário Claudinei Marcon ou o servidor público Leandro da Saúde. Ou mesmo os dois citados, caso a oposição não consiga compor grupo único para tentar tomar o Executivo.

Em Colorado do Oeste tudo indica que a corrida municipal deverá ter pelo menos três candidatos. No páreo deve comparecer o atual prefeito Josemar Beatto, que pode disputar a terceira eleição consecutiva, uma vez que nas anteriores ocupava o cargo de vice na chapa, além de Ênio Milani, do locutor Roni Freitas, do Professor Ribamar do IFRO além de Cido do PT.

Em Pimenteiras do Oeste o prefeito João Miranda desistiu de desistir em disputar a reeleição. Apesar de ter anunciado tempo atrás que não concorreria, ele repensou e é bem provável que esteja na corrida. Deve enfrentar nas urnas o presidente da Câmara de Vereadores, Gilmar Cavalcante.

Em Cabixi o prefeito Izael não pode concorrer, por isso aposta as fichas no funcionário público municipal Valmir Makubiaki. Do outro lado pode estar o ex-prefeito José Rosário Barroso, o “Bau”, além de Chicão de Carli.

Lá em Chupinguaia a briga pelo Executivo deverá ficar centrada em políticos que tem história no Poder Legislativo. Estão cotadas para a disputa as ex-vereadoras Sheila e Maria, assim como o atual presidente da Câmara, Valmir Passito.

Em Vilhena já é conhecida a pré-candidatura da ex-primeira-dama Rosani Donadon, assim como a pretensão do radialista Júlio Silva. O presidente da Câmara Junior Donadon ainda não se decidiu, e nesta semana surgiu o nome do empresário Olino Zoche como possível concorrente. Ah, sim, há também o relutante deputado Luizinho Goebel…

Este breve balanço sucessório do Cone Sul evidentemente não é definitivo, mas não deve sofrer alterações muito retumbantes até o período das convenções.

Depois de sustentar por cerca de um ano pré-candidatura a prefeito, o ex-secretário municipal de Educação José Carlos Arrigo desistiu oficialmente do projeto, adiado para 2.020. Com a renúncia de Arrigo e os problemas enfrentados por Gustavo Valmórbida na Justiça, o prefeito Zé Rover fica então sem um representante nas eleições deste ano.

Falando no prefeito vilhenense, na próxima semana ele concederá entrevista exclusiva ao Extra de Rondônia, ocasião em que falará dos planos para o último ano do mandato. Rover quer mostrar que em que pese os problemas graves enfrentados por sua administração no ano passado, sua gestão continua firme e lutando para garantir recursos necessários para a continuidade de obras e empreendimentos na cidade.

Em Cerejeiras, por outro lado, a população anda brava com o prefeito Airton Gomes por causa de obras não concluídas na cidade. O caso da instalação de drenagem em vias pavimentadas é um exemplo. O asfalto foi quebrado para a instalação de manilhas, mas depois coberto apenas com terra. Resultado: as vias asfaltadas estão virando lamaçal.

Também naquela cidade o Ministério Público notificou a FUNASA a respeito da situação de abandono do hospital público gerenciado pelo Município. As autoridades exigem providências.

Para fechar: na manhã deste sábado um empresário da cidade recebeu um telefonema de estranhos, exigindo resgate para “libertar” uma de suas filhas. Como sabia muito bem do paradeiro da herdeira, a vítima passou um trote no bandido: “pode matar que não tem problema, eu faço outra depois”. O meliante desligou…

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia/Arquivo

 

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO