ZICA VIRUSO município de Colorado do Oeste, na região do Cone Sul de Rondônia, avança no combate ao mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, febre chikungunya e zika vírus.

No final de 2015, Colorado estava na lista dos sete municípios com probabilidades de surto ou epidemia. O Governo do Estado montou uma força-tarefa para controlar a questão.

Nesta semana, o Governo divulgou dados sobre as ações feitas em 51 dos 52 municípios rondonienses, todos cadastrados no FormSUS, sistema disponibilizado pelo Ministério da Saúde à Sala de Situação.

Desse total, 31 municípios já estão repassando diariamente dados ao sistema de notificação dos imóveis visitados, imóveis fechados, onde foram encontrados larvas.

A meta do governo é que sejam visitados 100% dos imóveis nos meses de janeiro e fevereiro, fazer visitas educativas e trabalhar o sábado da faxina, que interrompe o ciclo de vida do mosquito, que é de sete dias. Além de Colorado, mais três municípios estão avançados na meta de visitação dos imóveis: São Felipe do Oeste, Governador Jorge Teixeira e São Francisco do Guaporé.

Conforme o Governo, as atividades educativas estão principalmente voltadas ao tratamento que a população deve ter com os criadores permanentes, como os reservatórios e caixas d’agua localizados dentro de casa.

 

Texto: Extra de Rondônia
Foto: Ilustrativa

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO