BUEMBA 1O colunista de cultura do jornal paulistano José Simão ironizou a decisão da prefeitura vilhenense de não realizar o carnaval popular na cidade.

Conhecido pela forma bem-humorada com a qual comenta temas ligados a cultura nacional, o jornalista abriu sua coluna na edição de quarta-feira, 20, abordando o assunto.

O colunista é craque na criação de trocadilhos, e usou o talento para fazer a piada. Partindo do anúncio da suspensão do carnaval de rua, Simão criou a anedota relacionando a situação ao nome do presidente da Fundação Cultural de Vilhena, Anísio Ruas.

Nas últimas semanas esta é a segunda vez que um caso ocorrido na cidade acaba sendo comentado por jornalistas que escrevem artigos de opinião na mídia nacional.

Dias atrás um articulista do jornal carioca O Globo citou o assassinato de um rapaz pela namorada, que aconteceu no dia 30 de dezembro, comparando a acusada com personagens do cineasta Quentin Tarantino.

FOLHADE SAO PAULO

Fonte: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO