apenados-causam-tumulto-em-unidade-prisional540x304_58704aicitono_1a9usrp58kbh1t9btqf8b561paCom a fuga de dois presos internados na Unidade Prisional do Regime Semi Aberto, em Guajará-Mirim, os demais presos deram início a um tumulto, terminando com danos materiais e ameaças. Um detento continua foragido.

Conforme relatos de agentes penitenciários, os detentos Rafael F. P., de 22 anos e Jorge V. S. J., na noite deste domingo (24), estavam internados na cela da triagem da unidade, quando quebraram a porta da cela e a dobradiça, em seguida danificaram a tornozeleira, conseguindo assim fugir do prédio, que está localizado na Avenida Duque de Caxias, bairro Santa Luzia.

Mesmo com poucos agentes penitenciários de plantão, estes ainda conseguiram deter Rafael, tendo o apoio de uma guarnição da Polícia Militar. Ao retornarem com o apenado para o prédio, depararam com os detentos iniciando um tumulto.

Disparo de arma de fogo foi necessário para acalmar os ânimos dos detentos, pois forçavam as grades. Genilson M. V. foi retirado da cela após intensificar ameaças de morte a um dos agentes que encontrava-se no local. O detento foi retirado, mesmo reagindo contra os agentes com o uso da força moderada. Elson S. D.

Acusado de induzir os presos também foi retirado da cela. De acordo ainda com os agentes, as ameaças intensificaram com a saída dos presos que apresentavam sintomas de embriaguez alcoólica. Jorge continua foragido do regime semi aberto.

A reportagem apurou que os plantões na Unidade Prisional estão sendo realizados por três agentes por turno, para fiscalizar detentos alojados na unidade e aqueles que são monitorados pela tornozeleira.

 

A estrutura do prédio também não apresenta segurança para agentes e para o próprio preso, diversas ocorrências foram registradas por agentes onde os presos conseguem com facilidade adentrar com drogas e bebida alcoólica no prédio, devido à falta de contingente e a estrutura física do prédio.

Fonte:O mamoré

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO