A situação está desse jeito desde dezembro
A situação está desse jeito desde dezembro

A situação de várias vias públicas no Setor Embratel, imediações do Mercado Sanches, em Vilhena, anda pra lá de precária.

A falta de sistema de escoamento de águas pluviais combinada com o rebaixamento das ruas mantém vários pontos de alagamento durante dias.

Em alguns casos os moradores não conseguem sair de suas próprias casas sem ter que colocar o pé na lama.

A reportagem do Extra de Rondônia esteve no bairro no final da tarde de quarta-feira 27, dia em que não choveu tão forte. A situação nas Boa Vista e José Roberto Gadeia e várias de suas transversais é caótica.

As poças de lama são tão grandes que em alguns pontos chegam a ocupar todo o perímetro do quarteirão.

Segundo a moradora de prenome “Marisa” a situação está deste jeito desde dezembro, logo após o atual secretário de Obras e Serviços Públicos ter tomado posse. “O primeiro ato do secretário foi patrolar as ruas daqui, mas o trabalho acabou resultando nisso: ruas rebaixadas e mais pontos de alagamento”, declarou.

Ela declarou que o caso é de conhecimento das autoridades, como o vereador Célio Batista, a quem ela encaminhou imagens das ruas do bairro. “Estamos aguardando providências urgentes”, encerrou Marisa.

ala 1

ala 3

ala 4

ala 5

Fonte: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO