Claudinei Marcon foi vereador entre 1993 e 1996
Claudinei Marcon foi vereador entre 1993 e 1996

O empresário e ex-vereador Claudinei Marcon, filiado ao PSD, resolveu se lançar na disputa da sucessão municipal do Município.

Em visita à redação  do Extra de Rondônia, o pré-candidato explicou que a decisão foi tomada em virtude da situação atual da administração de Corumbiara, que em seu ponto de vista é caótica.

Ao anunciar a pretensão, ele disparou várias críticas e denúncias contra a gestão de Deocleciano Ferreira.

Marcon declarou que até pouco tempo não tinha intenção de entrar na corrida eleitoral. “No entanto é preciso que as pessoas se bem, interessadas no desenvolvimento da cidade, tomem iniciativa para mudar a quadro atual”, explicou.

“A administração transformou-se num misto de má-gestão, roubalheira e incompetência. A população não dispõe de serviço adequado na saúde, educação e outras áreas, sem falar que o setor produtivo está abandonado, sem estradas e sem apoio”, relata o pré-candidato.

Ele também denunciou que há indícios de desvio de verbas do FITHA, fundo de investimento para os produtores. Marcon adiantou que depois do carnaval vai ingressar com denúncias contra a administração no Ministério Público Estadual (MPE) e Ministério Público Federal (MPF). Só no MPF o pré-candidato vai apresentar cinco casos de irregularidades.

Claudinei Marcon foi vereador em Corumbiara entre os anos de 1993 e 1996, além de ter sido cogitado para disputar eleições em nível local e estadual em diversas ocasiões. Ele também acumula experiência política em virtude de ter participado intensamente de campanhas de porte, como nas disputas ao governo protagonizadas por José Bianco e Ivo Cassol.

 

Fonte: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO