sind“A classe da Saúde não aguenta mais o desrespeito ao servidor público municipal. Não é a primeira vez que acontece. Isto vem se arrastando já por mais de três meses e a administração não resolve. O prefeito não aparece nem para se desculpar pela mal gestão administrativa que esta realizando”.

Com estas palavras, Wanderley Ricardo Campos, presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Vilhena (SINDSUL), manifestou sua indignação contra  o atraso dos salários do funcionalismo local, principalmente os profissionais do setor de Saúde pública.

Em assembleia realizada entre membros da SINDSUL, na última sexta-feira, 5, foi acordado que, caso o prefeito Zé Rover não depositasse o salário de janeiro até esta quarta-feira, 10, uma manifestação seria realizada em frente ao paço municipal.

Em contato com o Extra de Rondônia, o fotógrafo David Paul Vargas, assessor de imprensa da entidade, confirmou a manifestação, que ocorrerá às 07h00 desta quinta-feira, 11. “Todos estaremos reunidos em frente ao gabinete do prefeito para reivindicar melhorias”, explicou.

Além dos servidores da Saúde, também foram convocados os de Educação e Obras, além de outras repartições públicas.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: David Paul Vargas

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO