UTI VILHENAAtravés do Extra de Rondônia, neste sábado, 13, o secretário municipal de saúde (SEMUS), Adilson Bernardino, informou o fechamento temporário da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de Vilhena.

Ele explicou o motivo: reforma da usina de oxigênio. Pacientes que estavam na unidade foram transferidos para a UTI de Cacoal.

Entretanto, denúncia levada até as autoridades locais, na tarde deste mesmo sábado, 13, contradiz a alegação do titular da SEMUS.

Conforme a denúncia, o que motivou o fechamento da UTI não seria “a reforma da usina” e sim a infeção da usina 2 de oxigênio por uma bactéria resistente.

Em decorrência deste fato, o denunciante informa que um paciente faleceu na UTI após ser encaminhado para o isolamento onde apresentou quadro infeccioso.  Os aparelhos infectados colocam em risco todo o Hospital Regional e por isto foi necessário o fechamento da UTI.

A denúncia, feita através do 197, já é do conhecimento da Polícia, que vai instaurar investigação. O secretário, diretor da unidade e todos os profissionais que trabalham na UTI serão ouvidos.

O site deixa espaço à disposição do titular da SEMUS e demais autoridades do setor de saúde pública para eventuais esclarecimentos.

 

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Divulgação

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO