valdete camaraA vereadora Valdete Savaris (PPS), usou a tribuna do Legislativo, na sessão ordinária desta terça-feira, 16, para fazer um desabafo público a respeito do caos instalado nos setores de Saúde e Educação, em Vilhena.

Professora Valdete, como é popularmente conhecida, reclamou das precárias condições da Saúde Pública, ao ponto do secretário municipal informar o fechamento temporário da UTI. Reclamou, também, de uma máquina de esterilização, no Hospital Regional, que está quebrada. “Muitas pessoas estão morrendo em Vilhena”, disse.

Também, Valdete fez severas críticas quanto ao setor de Educação municipal. Por ser educadora, a vereadora testemunho da precariedade da merenda escolar. Ela diz que teve que ajudar na compra de produtos na escola em que trabalha. “Nesta semana, tive que comprar colorau (nome genérico dado a certos condimentos ou especiarias de cor avermelhada de origem vegetal, usados para modificar a cor, textura e sabor de outros alimentos) para melhorar o alimento dos alunos do Ensino para Jovens e Adultos (EJA). Isso passou dos limites”, ponderou.

Segundo ela, há muito tempo que a merenda também é motivo de reclamação da comunidade escolar. Agora, também, surge o problema da falta de limpeza nas salas de aula. “Esse prefeito não é homem para dar satisfação à população. Já mandamos vários ofícios, mas ele não responde. A população merece uma justificativa do que está acontecendo em Vilhena”, concluiu.

 

Texto e foto: Assessoria

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO