Revolver-disparandoGil Anderson Lanes Lopes, de 34 anos, morreu no Hospital Regional de Vilhena-RO, na tarde desta sexta-feira, 19.

Gil foi vítima de bala perdida no dia 30 de janeiro do corrente. Na ocasião ele estava na chácara do Raimundo, quando um menor que fugia da polícia invadiu o estabelecimento e trocou tiros com os militares.

Ele foi socorrido ao pronto-socorro do hospital regional pelo Corpo de Bombeiros, mas após 20 dias internado, contraiu infecção generalizada, e nesta tarde não resistiu e morreu.

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Ilustração

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO