EspingardasPor volta das 16h00, de sábado, 20, em fiscalização de rotina no Km 8 da BR-364, os patrulheiros prenderam D.F.N, 23 anos, e D.C.B, de 29 anos, os rapares estavam num carro Chevrolet Corsa com placas de Vilhena.

Em revista no veículo foram localizadas duas armas de fogo, sendo uma espingarda calibre 36 com cano adaptado e uma espingarda calibre 28 com três cartuchos intactos e três deflagrados, e seis cartuchos de calibre 28.

Os detidos não apresentaram documentação para portar as armas. Eles foram levados para a Delegacia de polícia Civil (DPC), onde responderão por porte ilegal de arma de fogo.

Sábado, 20, por volta das 21h00, no Km 15 da BR-364, os policiais rodoviários flagraram M.F.N, de 35 anos, conduzindo um carro Fiat Palio com placas de Vilhena, o mesmo dirigia em alta velocidade colocando a vida dele em risco e a de terceiros.

Em abordagem, foi constatado que o motorista estava em visível estado de embriaguez, sendo oferecido ao mesmo o teste do bafômetro, no qual se recusou. O condutor apresentou comportamento agressivo contra os policiais, e tentou fuga do local abordado.

Não conseguindo, partiu para cima dos policiais, sendo imobilizado pelos patrulheiros e conduzido para a delegacia, onde responderá pelo crime de embriaguez ao volante, agressão e resistência a prisão.

Neste domingo, 21, por volta da 01h00, no Km 18 da BR-364, a PRF prendeu D.F.P.K, o mesmo conduzia uma moto Yamaha YBR-125 com placa de Ji-Paraná/RO.

O motoqueiro aparentava visível estado de embriaguez. E, ao ser convidado a fazer o teste do bafômetro o mesmo aceitou, onde apontou 0,71 mg/L, de Ar expelido pelos pulmões, configurando crime de embriaguez ao volante.

O motociclista foi encaminhado para a DPC, para providências cabíveis.

Texto: Extra de Rondônia

Foto: PRF

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO