SAAE-EXTRA-DE-RONDONIA 1O advogado Josafá Bezerra e o servidor público Guilherme Naré, ex-diretores do Serviço Autônomo de Água e Esgotos (SAAE), de Vilhena, visitaram a redação do Extra de Rondônia na manhã deste sábado, 27, para esclarecer investigação em atos de sua gestão.

O Extra de Rondônia publicou nesta sexta-feira, 26, decisão do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia que apontou indícios de fraude na autarquia, devido a pagamento de serviços não executados.

O Conselheiro Presidente da Primeira Câmara do TCE, Benedito Antônio Alves explico que os supostos pagamentos irregulares tiveram como finalidade contrato firmado com a empresa Tend Tudo Auto Peças e Acessórios entre 2014 e 2015.

Ao site, Josafá explicou que o caso é o mesmo que motivou devassa da Polícia Civil (PC) semana passada na autarquia. Além do TCE e PC, também o Ministério Público (MP) investiga paralelamente a denúncia.

Ele disse que os órgãos de justiça e de fiscalização estão corretos ao fazer a investigação, mas garante que não há fraude e que todos os serviços pagos pelo SAAE foram executados em veículos oficiais.

Josafá esclareceu, ainda, um detalhe questionado pelo TCE: os “serviços em veículos estranhos à frota da autarquia”.

Segundo o ex-diretor, os tais “veículos estranhos” em questão pertencem à frota da Secretaria Municipal de Obras, que estavam cedidos ao SAAE. “Tenho o direito de me defender. Ainda não fui intimado, mas tudo será esclarecido. Os serviços foram executados em veículos oficiais e nunca em carros particulares. TCE, MP e PC estão fazendo o correto que é investigar. É uma questão natural. Mas a verdade virá à tona”, encerrou.

Josafá e Naré estão fora do SAAE desde o início de fevereiro, quando entregaram os cargos após 7 anos à frente da pasta.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO