Deocleciano se diz surpreso com a decisão judicial que determinou seu afastamento do cargo
Deocleciano se diz surpreso com a decisão judicial que determinou seu afastamento do cargo

Apesar da Justiça determinar a perda da função pública, por nepotismo, o prefeito Deocleciano Ferreira Filho continua no cargo em Corumbiara.

A decisão foi proferida o dia 22 de fevereiro por improbidade administrativa ao nomear familiares em cargos de confiança na prefeitura.

Em entrevista exclusiva ao Extra de Rondônia nesta quinta-feira, 3, Deocleciano se diz surpreso com a decisão judicial, já que o caso aconteceu no início do seu mandato.

Ele afirmou que, na ocasião, recebeu recomendação do Ministério Público para adotar as medidas necessárias e exonerar os parentes, o que – segundo o prefeito – aconteceu. “Exonerei na hora e cumpri o que o MP solicitou, agindo conforme a Lei. Mas, mesmo assim, a denúncia foi levada adiante”, reflete.

Entretanto, o prefeito diz ao Extra de Rondônia que não foi notificado, o que ocorrerá após a decisão ser publicada no Diário Oficial. O chefe do executivo municipal garante que já analisa com seus advogados recorrer da decisão em instâncias superiores para permanecer no cargo.

Enquanto isto, Deocleciano explica que seu ritmo e programação de trabalho e ações continuam normalmente em Corumbiara. “Existem problemas e dificuldades, mas Corumbiara cresce dia a dia, tendo melhorias em diversos setores públicos”, frisou.

Segundo o prefeito, o bom trabalho desenvolvido à frente da gestão pública municipal foi propício para que decida disputar a reeleição em outubro próximo. Mais uma vez, ele formará dobradinha com seu atual vice, Emerson Teixeira.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO