sind sul mpNa manhã desta sexta-feira, 4, o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Vilhena (Sindsul), Wanderley Ricardo Campos, protocolou uma denúncia no Ministério Público (MP) de Vilhena, e no Ministério Público Federal (MPF) contra o prefeito de Chupinguaia Vanderlei Palhari por não cumprir a Lei do Piso Nacional do Magistério.

De acordo com Vanderlei, a Lei determina que no ano de 2016 seja pago o piso de R$ 2.135,00 para os cargos de nível médio, mas em Chupinguaia professores de nível superior estão recebendo apenas R$ 1.700,00.

Ao Extra de Rondônia, Vanderlei explicou que o Sindsul solicitou através da denúncia que a Lei do Piso seja aplicada de forma imediata e que os professores possam receber o valor correto.

Além disso, pediu que os órgãos no qual as denúncias foram protocoladas que investiguem o prefeito por improbidade administrativa e que bloqueie os recursos do Fundeb caso o prefeito não venha aplica-lo de imediato.

“Espero que o problema seja resolvido, e que os profissionais do magistério recebam o valor que está estabelecido em Lei”, disse Vanderlei.

1 (1)

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO