Grupo visitou a redação do Extra de Rondônia
Grupo visitou a redação do Extra de Rondônia

Com objetivo de protestar contra a corrupção no Brasil, moradores de Vilhena estão organizando uma manifestação pacífica neste domingo, 13, a partir das 8h00, na Praça Nossa Senhora Aparecida, centro do munícipio.

Em visita a redação do Extra de Rondônia, um dos organizadores do protesto, o advogado Estevan Soletti, que é presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), subseção de Vilhena, informou que a manifestação é apartidária e conta com pautas de reivindicações nacionais, estaduais e municipais.

De acordo com Estevan, entre as reivindicações da manifestação está à declaração de não à corrupção, não ao aumento da carga tributária e em especial não à CPMF, não ao caixa dois nas campanhas eleitorais, afastamento do presidente da Câmara Eduardo Cunha, afastamento do senador Delcídio do Amaral.

Em âmbito municipal, o protesto requer melhorias na gestão do Hospital Regional de Vilhena, reparo e duplicação da BR-364, fortalecimento do conselho municipal do desenvolvimento econômico, redução do repasse ordinário da Câmara Municipal de Vilhena de 7% para 4%.

A manifestação vai contar com representantes de várias instituições públicas e privadas.

O sindicalista Gustavo Sartor ressalta que a movimentação da sociedade civil não vai parar apenas nesta manifestação.

Ele afirma que eles vão continuar com as manifestações e reivindicações por um país melhor sem corrupção. “Convido os vilhenenses para participar da manifestação por um Brasil melhor sem corrupção. Juntos podemos lutar por uma sociedade mais justa”, disse Estevan.

protesto 2

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO