aftosa 728×90

8112016-181021-camara_vilO bloqueio judicial nas contas dos vereadores de Vilhena acusados no esquema de aprovação de loteamentos na cidade mediante recompensa, conseguiu localizar recursos apenas nas contas dos vereadores Carmozino Alves Moreira e Jaldemiro Dede Moreira, informa despacho da juíza Liliane Pegoraro Bilharva, da 1ª Vara Criminal.

Ela não cita as quantias, mas admite que nas contas dos demais investigados, José Garcia da Silva, Vanderlei Amauri Graebin, Angelo Mariano Donadon Júnior e Maria Marta José Moreira não houve sucesso, seja por se tratar de valor irrisório ou mesmo por não encontrar nada em contas.

Os vereadores são acusados de receber terrenos e dinheiro em valores que podem chegar aos R$ 500 mil.

Autor: Rondoniagora

Foto: Divulgação

aftosa 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO