Queimada 728×90

 

José Alexandre Pereira de Paula, de 29 anos, vítima de homicídio em Vilhena, foi morto com requintes de crueldade, sendo atingido com 27 facadas, inclusive teve parte do pescoço degolado.

A Polícia Civil segue investigando o caso, mas até o momento não tem nenhuma pista que leve aos autores do crime.

“Gordo” como era carinhosamente chamado pelos amigos, segundo os pais, não tinha inimigos, nem era usuário de drogas. “Era um bom rapaz, trabalhador e honesto”, disse seu pai.

O corpo de Alexandre foi preparado pela funerária Vilhena e levado para a cidade de Nortelândia no Moto Grosso, onde será velado e sepultado.

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

segurança – 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO