Queimada 728×90

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), formada na Câmara de Vilhena para analisar a cassação do vereador Marcos Cabeludo,  tem até o final de outubro para apresentar o relatório à sociedade.

A CPI foi aprovada por unanimidade no dia 1º de agosto, da qual fazem parte os vereadores Rogério Golfeto (PTN), Valdete Savaris (PPS) e Vera da Farmácia (PMDB), sendo o primeiro o relator. O prazo regimental para conclusão dos trabalhos é de 90 dias.

Marcos Cabeludo enfrenta CPI semelhante que seus colegas Junior Donadon (PSD), Carmozino Alves (PSDC) e Vanderlei Amauri Graebin (PSC), todos acusados por envolvimento em esquema de corrupção através da extorsão de empresários do ramo imobiliário. O caso culminou com a cassação dos mesmos no início de junho passado. Outro vereador envolvido no episódio é Célio Batista (PP).

Apesar de estar afastado de suas funções parlamentares, Cabeludo continua recebendo seus vencimentos em dia.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

segurança – 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO