Na manhã desta segunda-feira, 19, a reportagem do Extra de Rondônia, conversou com Cláudio André Neves, Superintendente Substituto do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em Rondônia, onde fala sobre as condições de trafegabilidade da BR-364, e ainda da questão dos buracos que estão sendo tapados com terra. Além da erosão, na “curva dos crentes” na BR-435 – sentido Colorado.

De acordo com André, a matéria veiculada por esta página eletrônica, onde um  caminhoneiro gravou um vídeo mostrando que servidores do DNIT estão tapando buracos, não é com terra, e sim cascalho.

O trabalho está sendo feito de forma emergencial, pois não há empresa contratada para realizar as obras de recuperação.

Porém, André ressalta que sete trechos serão licitados em breve, sendo no próximo dia 23, Cacoal/Jaru, dia 26, Jaru/Rio Crespo – o restante com datas a serem definidas.

O Superintendente garante que até Julho será realizado um trabalho paliativo, entretanto de qualidade nos trechos que mais apresentam problemas. Contudo, até o final do ano, o trecho de Vilhena a Porto Velho será totalmente recuperado.

Sobre a questão da erosão na BR-435 – na “curva dos crentes” que está chegando ao meio da pista. Cláudio afirma que a empresa detentora do trecho, a Construtora Castilhos, estava sem material adequado para fazer a recuperação. Mas na manhã desta segunda, já providenciou material e máquinas, que estão sendo transportados ao local para dar início aos trabalhos.

 

https://

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia/Reprodução

 


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO