@@ CASCAVEL ALEGRE

O líder-mor do PDT, Acir Gurgacz, visitou Vilhena neste final de semana. Assinou a ficha de filiação da deputada estadual Rosângela Donadon, que deixou o MDB (de Raupp e Confúcio Moura), e do ex-prefeito de Vilhena, Melki Donadon (que deixou o PTB do “sanguessuga” Nilton Capixaba). Gurgacz está com o sorriso de orelha-a-orelha. Sabe que a família Donadon tem influência política no Cone Sul e isso é bom para seu projeto de sentar na principal cadeira do Centro Político Administrativo (CPA), em Porto Velho.

@@ PODE SER CANDIDATO?

Mas, paira uma dúvida no ar: Gurgacz pode ou não ser candidato nas eleições de outubro próximo? Ele foi condenado recentemente a quatro anos e seis meses de prisão no regime semiaberto. O motivo: crime contra o Sistema Financeiro Nacional. No Encontro do PDT, neste sábado, 24, em Vilhena, Gurgacz garantiu que vai concorrer ao governo. Devido a sua situação jurídica, muitos simpatizantes não acreditaram no discurso. Juristas políticos, também não.

@@ CASSAÇÃO

Inclusive, ele pode perder o mandato no Senado. Cabe a seus pares decidir, em votação, se ele fica ou se arruma as malas e volta a Rondônia. Porém, Acir está confiante que será inocentado e disse que irá recorre da condenação ao pleno do Supremo Tribunal Federal (STF). Vamos aguardar!

@@ SEGURANÇAS

O Hospital Regional de Vilhena inovou. Implantou uma equipe de seguranças para fiscalizar e proteger os pacientes dentro da unidade hospital. O diretor do HR, Wagner Borges, disse que o intuito é evitar furtos dentro da unidade e que pessoas entrem com facas e outras espécies de armas. Casos dessa natureza alertaram a direção. A população agradece.

@@ CONTRIBUINTE PAGA

Em sessão, os nobres vereadores de Vilhena aprovaram projeto, no valor de R$ 100 mil, para contratar uma empresa para fiscalizar a obra de construção da nova Casa de Leis. O presidente do Legislativo, Adilson Oliveira, disse que “a contratação é necessária para ter certeza que os materiais empregados na obra serão de qualidade”. Pode isso, Arnaldo? É claro que o dinheiro sai do bolso do contribuinte. Só para alertar.

@@ PINÓQUIO ENCURRALADO

Chamado de “Pinóquio” pelo radialista Alexandre Lima, da Rádio Positiva FM, de Vilhena, o vice-governador Daniel Pereira (FOTO DESTAQUE) parecer estar mais tranquilo com relação ao mandato de governador que irá herdar do médico Confúcio Moura. Mas não tão tranquilo assim. Neste sábado, 24, ao participar de Encontro Regional do PDT, Pereira foi “encurralado” por um grupo de profissionais da Educação pertencentes ao Sintero. Eles querem valorização ($$$) para resolver o impasse com o Governo, devido à greve que já dura mais de 1 mês.

@@ SENTINDO NA PELE

Pereira, que antes de assumir fazia parte da diretoria do Sindicato de servidores federais (Sindsef), agora sente na pele a pressão que fazia nas autoridades políticas quando ele era sindicalista. Neste sábado, ao ser pressionado pelos professores, disse que vai tentar resolver a questão. Vai tentar…

@@ ENROLADO

Os vereadores de Vilhena decidiram conceder mais 180 dias para a Comissão analisar o caso de CPI de Célio Batista. É a terceira vez que os edis pedem “um tempo”. Ao todo já somam seis meses sem resolver o caso. Célio foi afastado do cargo por ordem judicial. Porém, recebe seu  dimdim na conta bancária todos os meses.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

 

 

 

 

sicoob credisul
vacina 728×90