Por volta da 22h00 de domingo, 01, uma guarnição da Polícia Militar, que realizava patrulhamento de rotina pelo Bairro Cristo Rei, avistou um indivíduo que tentou esconder o rosto ao perceber a aproximação da viatura.
Em abordagem ao suspeito, nada de ilícito foi encontrado, assim como nenhum registro no sistema de mandados de prisão, porém, como o agente, de 29 anos, estava sem seus documentos pessoais, os militares desconfiaram que o nome, a principio fornecido, poderia ser falso.

Diante da suspeita, foi solicitado o número de um documento do jovem, que acabou sendo identificado por um nome diferente do que havia passado para a guarnição.

Após ser descoberto, o infrator que possuía um mandado de prisão expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Vilhena, por ter se evadido do regime semiaberto, acabou confessando que o nome fornecido por ele era de um tio já falecido há anos e que a muito tempo tem conseguido escapar de abordagens realizando tal prática.

Após ser conduzido até a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) para o registro da ocorrência, o infrator foi entregue nas dependências do Presídio Cone Sul, para o cumprimento da pena em regime fechado.

 

Texto: Extra de Rondônia
Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO