Na segunda-feira, 02, seis ex-vereadores de Vilhena, acusados dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro foram condenados pela  juíza Liliane Pegoraro Bilharva, da 1ª Vara Criminal, a mais de 15 anos de prisão.

Júnior Donadon (PSD), Marta Moreira (PSC), José Garcia (DEM), Vanderlei Graebin (PSC), Carmozino Taxista (PSDC) e Jairo Peixoto (PP),  foram igualmente sentenciados a 15 anos e 4 meses de prisão, mais multa de 75 salários mínimos.

Apesar de terem sido reeleitos, Júnior Donadon, Carmozino Taxista e Vanderlei Graebin tiveram seus mandatos cassados em uma CPI que investigou o recebimento de propina em um esquema de loteamentos, que foi denunciado  pelo empresário João Carlos de Freitas, dono do “Cidade Verde” e vítima do esquema fraudulento.

Dentre os ouvidos no julgamento estava o delegado da Polícia Federal, que investigou o caso e apresentou provas concretas do envolvimento dos réus na fraude, porém, apesar da pena, os réus poderão recorrer das sentenças em liberdade.

 

Clique aqui e leia a sentença na íntegra

 

 

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: G1

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO