Na tarde desta quinta-feira, 5, visitou a redação do Extra de Rondônia a atual presidente do Partido Progressista do Estado de Rondônia (PP), Jaqueline Cassol, que contou sobre suas ações a frente do partido, sua pré-candidatura a deputada federal e afirmou que seu irmão Ivo Cassol é pré-candidato ao Governo de Rondônia.

Jaqueline disse que fica no Cone Sul até a próxima quarta-feira, 11, e fará diversas visitas a amigos e simpatizantes da sigla que comanda no Estado.

Quanto ao partido que preside, ressalta que está praticamente fechado uma nominata de qualidade para deputado estadual, deputado federal e afirma que seu irmão Ivo Cassol é pré-candidato ao governo. Porém, ainda não fecharam um nome para o senado. Mas estão conversando com vários partidos. Entretanto, o compromisso firmado até o momento é coligação com o Partido da República (PR) e Solidariedade (SD). Jaqueline acredita que sua coligação pode fazer de quatro à cinco deputados estaduais.

Jaqueline confirmou que a advogada Vera Paixão também é pré-candidata a uma vaga na Câmara Federal. Sendo que a nominata tem grande possibilidade de fazer dois deputados federais.

Sobre a pré-candidatura de Ivo Cassol, Jaqueline disse acreditar que será deferida, pois diante do julgamento que teve no ano passado no Supremo Tribunal Federal (STF), diminuiu a pena de oito para quatro anos. Além disso, os advogados entraram com pedido de prescrição. Com relação à Lei da Ficha Limpa, podem falar que Ivo Cassol tem condenação em segunda estância, mas a lei é muito clara quando faz análise dos requisitos, não houve dolo, não houve má fé, não houve superfaturamento, não houve desvio de recurso, a obra foi 100% executada e a própria ministra Carmem Lúcia, diz isso no voto dela de 2014. Sendo que houve apenas um erro formal. Com isso, Ivo Cassol, não encaixa em nenhum desses requisitos, enfatiza Jaqueline.

Contudo, Jaqueline afirma que Ivo irá conseguir registrar sua candidatura. Ademais, ressalva que tem consciência que a oposição não irá dar trégua. Porém, deixa bem claro que ela não é plano “B” do partido se em caso remoto precisar.

Jaqueline afirma que o Partido Progressista (PP) está em conversa com o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), de Expedito Junior – que manifestou desejo de caminharem juntos, mas lembrando de que no PSDB tem a deputada federal Mariana Carvalho, que ainda não se manifestou a respeito do assunto. Sendo que se houver entendimento será apenas para cargo majoritário, ou seja, Governo e Senado. Na proporcional está acertada a coligação PP/PR e SD.

Para encerrar, Jaqueline diz que está esperando uma brecha na agenda do senador Ivo Cassol para marcar o 1º encontro regional do PP em Vilhena, já que o Cone Sul é de suma importância para todos que sonham com um Estado desenvolvido.

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia

 

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO