O delegado Rodrigo Spiça, pediu e a justiça determinou a prisão do professor Antônio Lima Fidelis, de 64 anos, que foi acusado por cinco crianças e uma jovem, de abuso sexual.

Antônio, que foi afastado de suas funções e já é considerado foragido da justiça desde a última quarta-feira, 11, é suspeito de molestar cinco alunas entre 8 e 12 anos e uma jovem de 18, no entanto, quando os crimes foram cometidos, algumas das vítimas tinham menos idade.

Após as quatro primeiras vítimas, que são estudantes de uma escola rural do município de Cabixi procurarem o quartel da Polícia Militar para denunciar os abusos na última semana, outras duas se encorajaram e também resolveram denunciar o professor, que segundo elas, as colocavam no colo e acariciava suas pernas e partes íntimas.

A prisão preventiva foi solicitada devido o risco de fuga ou até mesmo de coação as referidas vítimas, por isso a imagem de Antônio foi divulgada para que se alguém tiver alguma informação do paradeiro do mesmo, entre em contato diretamente com a Polícia Militar através do 190.

 

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Divulgação

 

 

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO