Dentro do período das 18h30 às 19h30 desta sexta-feira, 13, o Corpo de Bombeiros de Vilhena conduziu ao pronto -socorro o Hospital Regional, quatro pessoas, vítimas de acidentes diversos.

A primeira vítima a ser socorrida foi uma adolescente, de 15 anos, aluna da escola Machado de Assis, que reside no setor 13, localizado às margens da BR-364, sentido Cuiabá.

A garota, que chegava em casa em um ônibus escolar, sofreu uma queda ao descer do veículo e ser puxada por uma colega, através de uma brincadeira que pode ter custado seus movimentos dos membros inferiores.

A estudante, que caiu de costas, por cima da mochila, foi conduzida ao hospital sem sentir as pernas e ao passar por exames de Raio X, foi solicitado pela junta médica uma ressonância magnética, devido a jovem não apresentar fraturas, mas não responder aos testes de sensibilidade.

O segundo a ser conduzido, é um funcionário de uma empresa de segurança particular, que perdeu o controle de uma motocicleta em uma rotatória da BR-364, próximo ao posto de combustíveis Trevo.

O homem de 42 anos, foi conduzido ao hospital desacordado, porém, não apresentava nenhum ferimento grave.

A terceira vítima socorrida pelos militares, é um jovem, de 19 anos, que voltava para casa em uma bicicleta pela BR-174, após uma aula de habilitação, e acabou sendo atingido por um veículo Pampa, que foi recolhido pela Polícia Militar de Trânsito (P-Tran), devido o condutor não possuir documentação do mesmo.

Já a quarta e última vítima, é uma mulher de cerca de 50 anos, que sofreu uma queda dentro de sua própria casa e acabou sofrendo uma fratura na tíbia da perna esquerda.

As imagens em anexo são respectivamente dos dois últimos casos narrados.

 

Texto e fotos: Extra de Rondônia

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO