Na tarde de sexta-feira, 13, a reportagem do Extra de Rondônia, falou via telefone com o presidente da Câmara Municipal de Vilhena, Adilson de Oliveira (PSDB), no qual foi enfático e disse estar preparado para assumir a prefeitura e conduzir o destino do município da melhor forma possível.

Adilson ressaltou que assim que for notificado sobre a decisão judicial tomará posse e conduzirá o município até as eleições da melhor forma possível para não prejudicar os projetos que estão em andamento.

Oliveira afirma que não é sua intenção à primeira vista, trocar secretários, porém, sempre há aqueles que talvez discorde de algumas ideias, com isso, pode até ser que faça alguma mudança, mas somente se preciso for.

Tão pouco tome posse como prefeito “tampão”, Adilson deixa seu cargo de vereador e presidente do legislativo vago, em seu lugar na presidência da Casa de Leis, assume o vice-presidente Samir Ali (PSDB), e na vaga de vereador será convocado o suplente Pastor Françis Godoy (PRB).

Para finalizar, Adilson disse que: “está triste com o acontecido. Entretanto, fará tudo ao seu alcance para que Vilhena não pare, e que o novo mandatário a ser eleito num prazo de até 90 dias, que comande o destino da cidade com muito respeito ao erário publico e ao povo vilhenense”, ressaltou.

Texto e Foto: Extra de Rondônia

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO