Na minha atividade profissional, mantenho contatos frequentes com empresários e administradores. Minha pergunta preferida, para eles, é a seguinte: Qual é, na sua empresa, o principal indicador do seu sucesso empresarial? As respostas recebidas são as mais diversas: Lucratividade das vendas, crescimento das receitas, giro dos ativos, compatibilizar prazos médios de vendas com os de compras, diminuição dos custos e despesas, fluxo de caixa, capital de giro, inadimplência, ponto de equilíbrio…

Em minha opinião, o melhor e mais recomendável indicador de um bom desempenho, é o “Retorno sobre o Investimento (ou R.S.I.)”. Confesso que raras vezes ouço esta resposta das pessoas com as quais converso. Avalie e julgue quem de nós está certo !Este é um problema sério. Se empreendedores e gestores têm opiniões diversas e critérios de avaliação distintos, então como fazer para administrar bem uma firma? Como escolher o rumo certo a seguir? Definir, de maneira clara e direta, os principais objetivos de uma empresa, e meios de obtê-los, é algo básico a fazer.

Gostaria de justificar porque optei por este índice: 1.-Inicialmente porque toda a empresa, ao ser criada, precisa de um volume de investimentos. Todas elas, sem exceção, começam a operar a partir de recursos próprios ou de terceiros. Então, sempre que alguém for avaliar o desempenho dessa organização, a primeira coisa a fazer é definir o valor do “Investimento” feito no negócio; 2.-O segundo fator é determinar o “Lucro Líquido” médio obtido pela firma, nos últimos meses, em reais. Há aqui um grande equívoco, cometido por muitos gestores. Eles consideram que o principal indicador é a lucratividade sobre as vendas, porém isso é um equívoco, como se verá a seguir; 3.-A terceira coisa a fazer é calcular o “R.S.I.”, isto é, dividir o Lucro Líquido obtido pelo valor total do Investimento feito. Este é o procedimento correto. A mensuração adequada do lucro deve ser comparada não às “Vendas”, mas sim ao “Investimento”, pois ele é a alma do negócio. É recomendável fazer isso de continuo e inclusive comparar seus números com os das melhores empresas do país. Em minha opinião, esse Índice (“R.S.I.”) deve ser de 2% (dois por cento) ao mês (hoje).

O presente índice (R.S.I.) é extraído dos dois mais importantes Relatórios Contábeis existentes (Balanço Patrimonial e D.R.E.-Demonstração de Resultados do Exercício). Você pode apurar este índice a cada mês, trimestre, semestre ou ano.

O cálculo de outros índices econômico-financeiros deve ocorrer, de forma complementar, inclusive como uma ferramenta destinada a identificar e corrigir eventuais deficiências operacionais, numa ou noutra área de sua organização.

Conclusão: Faça isso. É simples, rápido e altamente profissional. Eduque seus gerentes para a necessidade de uma auto-avaliação continua dos resultados operacionais. Só assim você estará dividindo esta responsabilidade com sua equipe, em vez de concentrá-la apenas nas mãos da Diretoria. Eu creio que isso é o correto !

Texto: Humberto Lago/Consultor Empresarial

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO