O presidente da Assembleia  Legislativa (ALE/RO) Maurão de Carvalho, do MDB, fez uma grave denúncia contra o Governo de Rondônia.

Carvalho destacou que uma empresa de consultoria ambiental, situada em São Paulo, teria recebido quase R$ 2 milhões do Estado de Rondônia para apresentar dados que corroborassem com a criação das 11 reservas de preservação instituídas através de decreto pouco antes de o ex-governador Confúcio Moura (MDB) renunciar ao cargo.

O problema é que, segundo Maurão, a empresa jamais teria pisado em Rondônia; o parlamentar destacou à sociedade que informações recebidas dão conta de que a Sedam/RO alimentava os dados técnicos apresentados pela empresa, à distância mesmo, e, ao final, o Estado recebia apenas a nota fiscal para pagar os serviços supostamente não prestados.

A Casa de Leis garante que irá se aprofundar no tema e apurar a responsabilidade dos envolvidos. Clique aqui e veja o vídeo da denúncia.

Fonte: Rondoniadinamica

Foto e vídeo: Rondoniadinamica

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO