As ações que terminaram com a desarticulação da associação criminosa, ocorreram na tarde de quinta-feira, 26, em residências localizadas no setor 22, em Vilhena e na Rua Colômbia, no município de Cerejeiras.

De acordo com o registro da ocorrência, a polícia recebeu uma denúncia anônima, dando conta de que um homem em atitude suspeita teria abandonado uma motoneta Honda Biz de cor preta, placa NDB-9764 num terreno baldio. Porém, minutos depois, o suspeito foi localizado e identificado como Wellington Miranda, de 23 anos.

Wellington, ao ser questionado sobre a procedência da motoneta, disse que realmente deixou a mesma no local, mas não teria furtado o veículo, afirmando que os possíveis responsáveis pelo furto se encontravam numa residência localizada na Avenida 905.

Em seguida, os policiais foram até o endereço informado pelo agente, onde localizaram os suspeitos Teilor Silva dos Santos, de 23 anos, e um menor de 16 anos, que negaram qualquer envolvimento com o veículo.

No entanto, Wellington ainda informou aos policiais que teria outra motoneta proveniente de furto na residência de um homem por nome de Edinilson Costa Lourenço, de 41 anos, que foi localizado e afirmou ter comprado o veículo da pessoa de Teilor há dois dias, pelo valor de R$ 1 mil, porém, a mesma não estava no local devido ele a ter levado para a cidade de Cerejeiras, onde deixou sob os cuidados de um amigo, a fim de que o mesmo vende-se a motoneta para uso restrito em sítio, pelo valor de R$ 2 mil.

De imediato foi mantido contato com a Polícia Militar de Cerejeiras e repassado o endereço do local onde o Edinilson havia deixado à motoneta de cor preta, com placa NDQ-8427, sendo esta localizada como informado na matéria publicada por este site imediatamente após a apreenção. (Clique aqui e relembre o caso).

Tailor por sua vez, apontou o agente Wellington como o responsável pelos furtos e ainda informou o endereço de uma residência abandonada, onde foi localizada uma terceira motoneta de cor azul, com placa NBZ-2929, também produto de furto. O jovem também informou o endereço de Simone Alves, de 18 anos, que segundo o mesmo, era quem guardava os veículos furtados por Wellington.

A jovem, que confirmou as alegações de Teilor, ainda confirmou o endereço fornecido anteriormente pelo mesmo, onde fora localizada a terceira Biz, que segundo ela, realmente havia sido deixa no local por Wellington.

Simone apontou também, a pessoa de Ellen Cristina, de 22 anos, como uma das responsáveis por esconder os veículos roubados por Wellington e o menor, e afirmou que Edinilson era mesmo o responsável por levá-las até a cidade de Cerejeiras, onde seriam comercializadas.

Diante dos fatos, foi dado voz de prisão a Simone , Ellen, Edmilson, Tailor e Wellington, que foram flagranteados pelos crimes de furto, receptação e corrupção de menores e solicitado junto ao juizado da infância e da juventude, a internação do menor, que já havia sido apreendido no último domingo, após arremessar celulares, drogas e serras, para dentro das dependências do Presídio Cone Sul. O pedido de internação foi acatado e o menor encaminhado à Casa da Cidadania.

Veículos recuperados em Vilhena

 

Veículo recuperado em cerejeiras

 

Texto e fotos: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO