Em conversa com o Extra de Rondônia, Na tarde de quinta-feira, 26, o presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Vilhena, Adilson José Wiebbelling de Oliveira (PSDB), confirmou que foi convidado pelo seu partido para ser candidato a prefeito na eleição suplementar em Vilhena.

Adilson disse que ficou muito triste com a situação, haja vista, que o município estava entrando nos eixos, após diversos problemas terem sido resolvidos pela prefeita Rosani Donadon (MDB) que teve seu mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no último dia 12. O presidente ressalta que a Câmara foi parceira da gestora em todos os projetos de importância e prioridade para o município.

Adilson fala que ficou agradecido pelo convite do partido, mas que foi eleito para o cargo de vereador e assim pretende terminar seu mandato. Sendo que como presidente da Casa, conseguiu economizar mais de R$ milhões para construir e reformar o prédio que está em estado de calamidade, construção que ficará como legado para futuras gerações.

Oliveira afirma estar preparado para assumir o cargo de prefeito “tampão” pelo tempo que for preciso e fará uma administração de transição voltada ao povo vilhenense.

Para finalizar, Adilson diz que mudanças às vezes são necessárias. Entretanto, apenas irá mexer no primeiro e segundo escalão se for realmente preciso.

Texto e foto: Extra de Rondônia

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO