A guarnição da Força Tática com apoio do Núcleo de Inteligência (NI) da Polícia Militar e da Polícia Civil (PC), agiram com extrema rapidez e prenderam três suspeitos na noite de sexta-feira, 27, logo após uma tentativa de latrocínio na Rua 649, Bairro Alto Alegre, em Vilhena.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima estava na frente de uma casa com amigos no endereço citado e ao lado estava estacionada sua moto Honda Bros, quando dois elementos numa moto Honda Tornado de cor preta, placa NCU-2034/Buritis, se aproximaram, o carona desceu de arma em punho e ordenou que as pessoas entrasse no imóvel e deitasse no chão.

A vítima e um amigo reagiram ao assalto e entraram em luta corporal com o bandido, porém, o marginal conseguiu disparar por três vezes e atingiu a vítima com dois tiros no pescoço e um no ombro direito. Entretanto, a vítima ainda conseguiu tirar o capacete da cabeça de um dos ladrões que fugiram sem levar o abjeto que pretendiam.

A Força Tática chegou rapidamente ao local e chamou o Corpo de Bombeiros que socorreu a vítima ao Hospital Regional de Vilhena.

Após colher informações com testemunhas, os militares da Força Tática chegaram numa casa na Rua 8501, Bairro Assossete– onde foram localizados três suspeitos Valque Mendes da Silva, de 22 anos, Josenil Garcias, de 37 anos e um menor de 17 anos. Na casa ainda havia uma garota de 13 anos que disse ser esposa de Valque Mendes, e que mantinha um relacionamento com ele há três meses. Joseni se apresentou como proprietário do imóvel e quando a polícia chegou tentou empreender fuga, mas foi capturado.

Durante a busca na residência foi localizado dentro de uma gaveta dois cartuchos de metal carregado calibre 32, um tubo de pólvora, varias espoletas e chumbo, sendo que Josenil assumiu ser o dono, embaixo do armário foi localizado um revolver calibre 38 de numeração kl537413 carregado com seis munições intactas.

A adolescente confessou que o dono do revolver era seu marido Valque e que seu irmão menor de idade  teria saído junto com Valque em uma moto horas antes.

Com isso, a guarnição deslocou até o endereço do adolescente, onde o mesmo confessou que foram os dois que fizeram o latrocínio, que ele pilotou a motocicleta e Valque estava na garupa. Sendo que Valque efetuou os disparos contra a vítima. O menor levou a polícia até o local onde haviam escondido a moto usada no crime, na qual tem registro roubo/furto.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão aos suspeitos e levados para a Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) para providências cabíveis.

A menor de 13 anos foi entregue ao Conselho Tutelar. Valque, além de responder pelo crime de tentativa de latrocínio também deve ser enquadrado por estupro de vulnerável, já que a garota é menor de 14 anos.

Texto e fotos: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO