Na tarde de sexta-feira, 27, o vereador afastado do município de Cerejeiras e recém-empossado como Secretário Adjunto da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (SEAS), Pedro José Alves Sanches (MDB), popular (Pedrinho), visitou a redação do Extra de Rondônia, onde falou sobre o novo desafio que acaba de assumir na sua vida pública.

Pedrinho assumiu como adjunto da pasta há duas semanas e disse que foram dias de muito trabalho e novos desafios comandar uma secretaria tão importante quanto a SEAS.

Pedrinho disse que a princípio teve que tomar pé de toda a situação e conhecer a equipe de apoio que agora comanda. Sendo que são 52 municípios com uma demanda muito grande. Porém, Pedrinho afirma que com o apoio do governador Daniel Pereira (PSB) e da primeira Dama, foram duas semanas produtivas. Uma vez que já se reuniram e despacharam com o governador. Além disso, receberam lideranças de todo o Estado, como prefeitos, vereadores e lideres comunitários.

O adjunto diz que já tomou conhecimento de toda a demanda que envolve a SEAS, em especial o restaurante popular Prato Cheio, onde foi construído na região mais carente de Porto Velho, e o prato custa apenas R$ 1 real e serve 1.500 refeições por dia e está sendo feito estudo para ampliar o atendimento para duas mil refeições por dia.

Além disso, Pedrinho ressalta que tomou conhecimento de quais são os recursos e projetos destinados ao SEAS e quais estão andamento. Também foi levantado o valor oriundo do Fé-coepe – Fundo de Erradicação da Pobreza na ordem de R$ 37 milhões, dinheiro já disponível na conta do Estado, sendo que todos os municípios de Rondônia serão beneficiados. Cada município que possui CRAS, CREA e faz parte do programa criança feliz receberá três veículos zero quilômetro cada. As cidades que tem só o CRAS, município de pequeno porte vai receber um veículo.

Oriundo desse mesmo fundo será construído 27 CRAS para os municípios que ainda não tem ou as cidades que pagam aluguel, e não tem sede própria. Entretanto, devido ao pouco tempo que resta ao governo, o valor será repassado as prefeituras que vão gerir a verba e irão construir ainda dentro desse ano.

Pedrinho pontua que apesar de ter sido nomeado adjunto, tem o aval e a confiança do governador e da primeira Dama para caminhar junto com a titular da pasta para tomar decisões que venham de encontro ao anseio do povo de Rondônia, para que as coisas possam andar com mais agilidade.

O secretário ainda fala que o governador disse a ele que gostaria que fosse um secretario pé na estrada, ou seja, que esteja junto às lideranças comunitárias, prefeitos, vereadores e todos que se envolvem na área social do Estado.

Pedrinho diz que tem um olhar para todo Estado, porém, mais especial para o Cone Sul, pelo fato de ser distante da Capital e agora ter essa aproximação. Sendo que tem um projeto na ordem de R$ 950 mil através do fundo, mas pela Secretaria de Esporte para atender todos os segmentos esportivos.

A pedido do governador, o secretario está organizando no num curto  período parcerias através da SEAS com Tribunal de Justiça (TJ), Secretaria do Estado da Saúde (SESAU) e Secretaria de Educação para fazer um governo itinerante no Cone Sul, sendo que poderá ser em Vilhena e Cerejeiras para atender a população em diversas áreas que mais necessitam.

Para encerrar, Pedrinho agradece o apoio do governador Daniel Pereira e afirma que está à disposição de qualquer cidadão rondoniense para sanar qualquer dúvida quanto ao trabalho desenvolvido na SEAS.

Texto e foto: Extra de Rondônia

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO