O primeiro caso foi registrado por uma mulher de 41 anos, que teve um cheque no valor de R$ 77,00 – adulterado para R$ 1.430, no qual foi devolvido pela agência bancária. Após tomar ciência do golpe, a correntista registrou ocorrência policial, para que o fato seja investigado pela Polícia Civil.

O segundo caso foi registrado por uma mulher de 49 anos, que alega ter comprado um Notebook no valor de R$ 1.799,00 de um vendedor via WhatsApp que se identificou apernas por André.

A compra foi efetuada no dia 13 do mês passado. Porém, na tarde de ontem, a vítima ao perceber a demora na entrega do produto, tentou contato com o vendedor, mas o mesmo não respondeu as mensagens.

Com isso, entrou em contato com a empresa, no qual o vendedor disse pertencer, e a atendente disse para a vítima que havia varias ligações de todo o Brasil, e que essa tal pessoa não faz parte do quadro de vendedores.

Contudo, sabendo que se tratava de um golpe, a vítima registrou boletim de ocorrência.

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Ilustração

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO