A prisão ocorreu no final da tarde de sexta-feira, 04,no lava jato Pit Stop, localizado em frente  a praça da prefeitura, na Avenida Sete de Setembro, Centro de Chupinguaia.

Segundo o registro da ocorrência, após uma denúncia anônima, de que o proprietário do referido lava jato teria acabado de desenterrar do fundo de seu quintal, certa quantidade de entorpecente para comercializar com dois possíveis compradores que chegaram ao local, uma guarnição da Polícia Militar se deslocou até o comércio, onde abordaram dois indivíduos, identificados como Paulo Alves Batista, de 36, anos, que portava quatro pedras de crack e um cachimbo artesanal e contra o qual foi constatado haver um mandado de prisão espedido pela comarca de Pimenta Bueno e Sebastião Vitor de Miranda, de 40 anos, que portava três pedras do mesmo entorpecente, outro cachimbo, quatro munições de calibre 32 e 28 e uma calça de uniforme da PM.

No quintal dos fundos do estabelecimento, os militares localizaram próximo a um pé de mandioca, um buraco recente, que comprovava a veracidade da denúncia. Já dentro do estabelecimento, foi feito contato com o proprietário Fábio Souza Salvino, de 23 anos, que autorizou uma revista no local, através da qual foram localizados uma balança de precisão e um tablete de maconha pesando 142 gramas.

No local também foram encontradas uma motocicleta Honda CG Titan, com número de chassi raspado e emplacada com a chapa NDI-2228, pertencente a uma Honda NXR Bros; uma motocicleta Honda Bros de cor branca, com placa NCD-8248, que segundo Fábio, não possuía documentos e um Fiat Uno de cor verde, com placas NBE-6515, sem o motor e com a documentação atrasada.

De acordo com Fábio, o mesmo tinha comprado o carro recentemente, porém, em contato com o responsável pelo veículo, este afirmou que vendeu o mesmo no ano de 2013 e que desde então tem tido muitos problemas devido o comprador não ter realizado a transferência.

Entre os seios de uma funcionária do lava jato, identificada como Karoline Oliveira de Souza, de 18 anos, uma militar também encontrou uma pequena porção de maconha, sendo todos os envolvidos e todo o material apreendido, apresentados na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Vilhena para o registro do flagrante.

 

Texto e fotos: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO