Um grupo de professoras da rede municipal de ensino procurou a reportagem do Extra de Rondônia para desmentir informações divulgadas pelo secretário municipal de educação, Clésio Cássio Almeida Costa, em Vilhena.

O questionamento é relacionado a um suposto diálogo que Clésio teria feito com ex-diretores e vices antes da implantação da “Gestão Democrática”, projeto polêmico que rendeu críticas, tanto ao próprio secretário, como ao prefeito Adilson de Oliveira (PSDB) e vereadores. Leia AQUI

De acordo com as manifestantes, diretores e vices foram exonerados através do decreto 42.640/2018, assinado em 4 de maio pelo prefeito-interino. “A telefonista da Semed ligou pra nós informando que estávamos exoneradas e que era pra fazer lotação em sala de aula”, alega uma das professoras.

Segundo elas, o secretário emitiu comunicado à imprensa, através de sua assessoria, dizendo que reuniu todos os gestores das escolas municipais pedindo para que eles permanecessem nos cargos. Elas negam: “Isso é mentira. Ele nem visitou a maioria das escolas”.

Ainda, as servidoras ressaltam que “com a decisão imatura e precoce, o secretário travou todos os projetos e programas do governo federal, tais como PDE, ‘Novo, Mais Educação’, ‘Mas alfabetização’. Isto porque, para que novo gestor assuma, o Conselho precisa passar pelos trâmites legais, ter reunião com a comunidade e os membros do conselho, ata de substituição do nome do presidente, registro em cartório de imóveis. E, depois, encaminhar toda a documentação para o Banco do Brasil para regularizar as contas de cada programa. Enfim, com isso, ele causou transtorno e prejuízo  aos alunos da rede municipal de Educação”.

ASSÉDIO MORAL

As educadoras acusam o secretário de assédio moral devido à pressão que tiveram com a finalidade de reunir, em menos de 12 horas, aos membros do Conselho Escolar e funcionários para definir três nomes pra a implantação da tal “gestão democrática”. Leia AQUI

O Extra de Rondônia deixa espaço à disposição do secretário para eventuais esclarecimentos.

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90