Natalzinho no Extra de Rondônia

O ex-secretário de esportes, José Natal Pimenta Jacob, visitou a redação do Extra de Rondônia neste sábado, 12, para rebater acusações feitas pelo atual titular da pasta, Délcio Deni Wiebbelling de Oliveira, que é irmão do prefeito de Vilhena, Adilson de Oliveira (PSDB).

Délio enviou comunicado ao site explicando os motivos que poderiam atrapalhar a realização dos Jogos Escolares de Vilhena (JEV´s), que deveria iniciar nesta sexta-feira, 11: projeto prado e com prazo esgotado. Leia mais AQUI.

Após a veiculação da reportagem, Natalzinho desmentiu o irmão do prefeito e o chamou de incompetente.

“Primeiro, isso é uma inverdade. Quando deixei o cargo, recepcionei ele e coloquei minha equipe à disposição para esclarecer qualquer assunto pertinente à pasta.  Expliquei todo o andamento da secretaria de esporte. O JEV´s tem o período de realização, fase escolar, regional e estadual.  A fase regional estava programa para iniciar dia 11, portanto, nesta sexta-feira. Nós montamos todo o processo, recursos empenhados com 2.000 medalhas e outros prêmios. Deixei comprado material esportivo para o ano todo. Não apenas para o JEV´s, também para as escolinhas. Délio não fala isso. O processos de arbitragem e abertura estavam montados. Entreguei nas mãos dele (secretário) e o orçamentista João; No mesmo dia que eu entreguei, ele poderia ter batido carimbo e fazer o processo andar. Ele não fez isso. Eles perderam prazo de 8 dias”, esclarece.

Com relação ao evento, Natalzinho disse que é uma forma errada de trablhar. Ele disse que, prevendo o adiamento devido a questões políticas, pediu na Seduc flexibilidade para a realização do JEV´s.

“Tudo isto eu expliquei. Inclusive temos a parceria da Seduc. Acontece que, ao invés deles fazer o processo andar, ficaram com picuinhas. Me estranha essa colocação do secretário. Aliás, qualquer colocação que ele fizer eu não vou rebater, vou sim falar a verdade. A preocupação deles é fazer tudo em 30 dias. Isso chama-se incompetência. Aqui está inventando desculpas que não existem. Deveria ter falado das coisas boas que nós deixamos, como os Jogos Intermunicipais de Rondônia (JIR) que será em Vilhena, que vai deixar R$ 2 milhões no município”, desafabou.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90