A Justiça Eleitoral publicou detalhes da eleição suplementar do município de Vilhena. Apenas dois candidatos polarizam o pleito: Eduardo “Japonês” (MDB) e Rosani Donadon (MDB).

A semana passada, os dois candidatos começaram seus trabalhos de divulgação de campanha, bem como reuniões e atividades relacionadas à candidatura.

Chama a atenção, no entanto, os valores que cada candidato anunciou gastar registrados em atas de convenção, nos dias 05 e 06 de maio.

Rosani Donadon anunciou que vai gastar até R$ 120 mil, em sua nova jornada política. Já Eduardo Japonês (PV) pretende gastar quase R$ 1,2 milhão, o limite estipulado pela legislação eleitoral.

As atas de convenção também trazem outras informações importantes, como os nomes dos partidos coligados.

MAIS 59 MIL ELEITORES APTOS

São exatos 59.174 eleitores aptos, num universo de 95.630 habitantes, a cumprir a obrigação eleitoral no dia 03 de junho em Vilhena.

Esse número representa os eleitores que regularizaram sua situação perante a Justiça Eleitoral até o dia 03 de janeiro de 2018.

Os que regularizaram o título de 03 de janeiro a 09 de maio, não poderão votar no pleito suplementar, só na eleição do dia 07 de outubro, quando irão a disputa candidatos aos cargos de Presidente da República, Vice-presidente, Senador, Deputado Federal, Governador, Vice-governador e Deputado Estadual. Leia mais AQUI

Ata da convenção de Eduardo Japonês
Ata da convenção de Rosani Donadon

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90