Roseli Luiz de Oliveira, que há mais de 26 anos trabalhou no Fórum Desembargador Leal Fagundes, em Vilhena, sofreu infarto e morreu no final da tarde deste domingo, 20.

Roseli tinha se aposentado no mês de abril e estava se preparando para exercer a profissão de advogada. Porém, não teve tempo.

Ainda não foi divulgado pela família, onde o corpo da pioneira será velado e quando vai ocorrer o sepultamento.

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Reprodução Rede Social

sicoob credisul
vacina 728×90